Menu

Pastoral da Criança se reúne com representantes dos ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Social

21 JUL 2017
21 de Julho de 2017

Líderes da Coordenação Nacional da Pastoral da Criança estiveram em Brasília-DF, dias 19 e 20 de julho, para reuniões com representantes do Ministério da Saúde com o Ministério do Desenvolvimento Social. De acordo o coordenador nacional adjunto da Pastoral da Criança, Nelson Arns Neumann, a reunião no ministério da Saúde foi com a coordenação de alimentação e nutrição e tratou do tema da obesidade.

 

Segundo o médico, especialista em saúde pública, o Brasil está perdendo a guerra para obesidade. O médico aponta algumas razões para isto acontecer: a violência que faz com que as crianças e as pessoas deixem de ocupar as ruas e espaços públicos, o excesso de propagandas de alimentos não saudáveis e o consumo excessivo de açúcar.

 

A Pastoral da Criança se comprometeu a produzir uma edição especial de sua revista, cuja tiragem é de 150 mil exemplares, sobre o tema da obesidade. A Pastoral da Criança vai colaborar também na definição, segundo seu coordenador adjunto, da melhor forma de comunicar os valores nutricionais nas embalagens dos alimentos.

 

Primeira infância

Outro ministério com o qual os representantes da Pastoral da Criança se reuniram foi o do Desenvolvimento Social e a pauta girou em torno do programa “Criança Feliz” cujo objetivo é melhorar o desenvolvimento da criança na sua primeira infância, de 0 a 3 anos de idade. A Pastoral da Criança vê com bons olhos o programa, mas alerta que o Brasil está atrasado neste debate.

 

Mais de 60 países já desenvolvem projetos semelhantes, disse o médico. Há um estudo comparado realizado na Jamaica e nos EUA, países que já adotaram ações específicas para a primeira infância, que demonstram que o índice de jovens presos e usuários de drogas é menor nos bairros onde foram implantados.

 

“O papel da Pastoral da Criança, além das suas ações específicas, é fazer o controle social e, mais que isso, fazer as políticas públicas chegarem a quem, de fato, precisa”, disse o coordenador nacional adjunto da Pastoral da Criança.

 

CNBB

Voltar

Diocese de São Raimundo Nonato - PI

CNBB - Regional Nordeste 4